Meus 15 anos

Alguuum tempo depois resolvi colocar aqui algumas fotos da minha festa de 15 anos... 



50 clichês de anime


1. Tem uma versão hentai/yaoi/Yuri para os tarados

2. Na abertura e no final,tem uma musica que é lenta,e uma que é mais agressiva

3. Coisas como gravidez,não são problema

4. Cicatrizes de luta somem no próximo episódio

5. O mocinho luta por vingança ou por causa de crise de identidade

6. Lendas épicas

7. Sempre tem um policial ou um colegial

8. Eles vão ficar juntos,nem que demore o anime todo

9. E vai ter um rejeitado que gostava dele ou dela

10. Cabelos estranhos e/ou de cores muito coloridas…e de nascença

11. Garotas tem que ter seios enormes,ou serão zuadas o anime todo por isso

12. Tudo acontece no Japão.guerras,lendas,monstros gigantes,…

13. Sempre tem um grupo junto com o principal

14. Um deles era o vilão,e provavelmente é o mais legal do grupo

15. E grupos são como boybands.tem o maneiro,o gatinho,o sensível,….

16. Os vilões são mais legais que os principais.ou são muito mais estranhos

17. Garotas tem uma voz ou superfina ou grossa demais

18. O mocinho não liga para todas as garotas babando ele

19. Aquele agradecimento no inicio e no fim do anime

20. Alguém morreu ou vai morrer

21. Poderes,mundos diferentes,são coisas do cotidiano

22. BAKA!

23. Gritos exagerados

24. Drama de novela mexicana

25. O principal não morre.consegue um poder fodão do nada,ou ressuscita depois

26. Ficam engraçados falando inglês

27. Alguém quer dominar o mundo

28. Tem alguém kawaii

29. Quando vêem a garota que gostam fazem de tudo.sangra nariz,dançam viram geléia,mas nunca falam que gosta

30. Sempre tem flashbacks

31. Heróis japoneses são escrotos.para eles é super comum morrer várias pessoas

32. Tem algum episódio que mostra um pouco mais da cultura japonesa,seja festivais,comidas

33. Usam praticamente uma roupa so durante o anime

34. Quando você pensa que aquele é o ultimo vilão,aparece um mais fodastico que ele,aquele era eu subordinado

35. Banhos quentes,e “acidentes” nestes banhos quentes

36. Principais agüentam supersocos das garotas.pois tudo é sempre culpa dele,e ele é invencível e sempre resiste aos supersocos

37. Tem um mascote

38. Geralmente os mocinhos vem de outra cidade,e como eles são fodas,as coisas começam a acontecer ou piorar quando eles chegam La

39. Os vilões não podem ganhar..se ganharem,os mocinhos voltam depois mais poderosos e acabam com ele

40. Tem alguma influencia de dragon Ball,pokemom ou sakura

41. Inspiram depois um filme ou um jogo

42. Quando caem na graça do povo,tem mochila,caderno,camiseta,…

43. Pessoas ficam imitando os gestos dos personagens

44. Gravidade é para os fracos

45. Animes shoujo parecem uma versão japonesa de series de patricinhas americanas

46. O manga geralmente é melhor

47. Com tantas pessoas no mundo,so uma pode salvar todos de alguma super desgraça

48. Na maioria das vezes,depois de salvar o mundo,ninguém sabe quem salvou e tudo volta ao normal

49. É comum você desenvolver poderes e tudo acontecer no mundo entre 13~19 anos

50. Tem 13,26,120,ou 10mil episódios em media



 Post Original

Eu sei

Não tente fingir
porque eu sei
Te conheço bem
Você não quer admitir
Sente falta de mim

Eu queria estar ao seu lado
mas não dá mais
Sua presença
já não me satisfaz

Ela nunca vai ser
como eu fui pra você
Você não se sente bem
todo mundo consegue perceber

Já não sou
aquela garotinha
Não acredito em você
Não sigo sua ladainha
Apenas palavras vazias
que ouvi
E tantas vezes chorei...

Não posso negar
que às vezes sinto sua falta
Mas nada me fará votar,
nada

Conheço você
mais do que imagina
Seino que pensa
Sei que agora precisa de mim

Mas o tempo passa
A gente se afasta
Não quero voltar

Cassiani Martins

Battle Of God (2011 - Banda HB) - Download

Lançamento: Setembro/2011




Release:

A banda finlandesa de metal sinfônico, HB,lançou a versão em inglês do primeiro álbum da sua carreira, “Uskon Puoleska”, lançado em 2003. 

O trabalho chegou com o título “The Battle Of God” e trouxe novos arranjos em cada uma das nove faixas. O som do álbum é similar ao de bandas como Nightwish e Within Temptation. 

O primeiro single divulgado é “Time Of Silence”. Destaque para a capa do álbum, inspirada na passagem bíblica de Efésios 6:11-18, que diz: "Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo(…) Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus" 

Com este projeto, o grupo liderado pela vocalista Johanna Aaltonen amplia a presença fora da Finlândia e atrai novos fãs que consideram o finlandês uma língua não muito amigável. 

Agora, apenas o último álbum da banda, “Pääkallonpaikka” (2010), fica sem versão em inglês, ao menos por enquanto. As regravações para a língua estrangeira começaram a partir do segundo álbum da discografia, “Enne” (2006), que ganhou a versão “Frozen Inside” em 2008. No ano passado, foi a vez de “Piikki Lihassa”, de 2008, ser lançado em inglês no álbum “The Jesus Metal Explosion”. 




Faixas:
1.- Time Of Silence 
2.– … 
3.– The Battle Of God 
4.– Love Me 
5.– Hallelujah 
6.– Lust 
7.- Lost 
8.- Find Out! 
9.- Away From Home 



HB



A HB surgiu no ano de 2002 na cidade Forssa na Finlândia, a banda que segue com um estilo de Symphonic Metal com uma pitada de Gothic, conquistou diversos fãs pelo mundo inteiro, a banda lançou sete álbuns em estúdio  foram: Uskon Puolesta em 2003, Enne 2006, Frozen Inside em 2008 (versão inglês de Enne), Piikki Lihassa 2008, Pääkallonpaikka 2010, e The Jesus Metal Explosion, 2010, The Battle Of God 2011. O grupo também fez um DVD em 2007 ( Can You Road?) um EP em 2002 e dois Singles 2004 “Turhaa Tärinää?” e 2009 “Perkeleitä”.
A banda HB tem um estilo envolvente que contagia, com um Mega vocal feminino que realmente demonstra que o bom e velho metal não e só coisa de vocal masculino. O som é similar a bandas como Nightwish, Evanescence e Within Temptation, a diferença está nas letras fortemente espirituais; não é necessário a pergunta: "tal banda é cristã/evangélica?" a resposta é visível nas mensagens que são passadas pelas composições, que falam de Jesus e de mudança de vida.
O nome da banda (HB) não tem significado algum, foi relatado pela vocalista Johanna Aaltonen no site da banda, “A sigla H e B surgiu em uma enquete no site oficial da banda, onde o público sugeria significados diferentes para as letras da banda, foi quando “Holy Bible” que foi uma das sugestões.” Há também quem diga que HB significa 'Holy Blood', 'Holy Band'...
Hoje a banda é formada por Johanna Aaltonen (vocal), Antti Niskala (teclado e vocal), Sofia Ylinen (guitarra), Kaitsu Kanervo ( guitarra), Tuomas Kannisto (baixo), Samuel Mäki-Kerttula
 (bateria).

Johanna Aaltonen (vocal)
Antti Niskala (teclado)
Samuel Mäki-Kerttula (bateria)

Bob (Guitarra)
Sofia Ylinen (guitarra)

Tuommas Kannisto (baixo)




HB - The Jesus Metal Explosion - Official


A Explosão do Metal Jesus
[Coro] Jesus!

O nome que me deixa desesperada, eu estou em pânico!
Necessita de eu usar o seu nome ou existe alguma outra maneira de dizer isso?
Eu falo à vontade com você, o tempo é grande e meu trabalho é bom ...
Podemos discutir a sua saúde ea minha família
Mas quando se trata de que o nome certo ..

Eu não posso dizer seu nome, preciso de você ser chamado de Jesus.
Gostaria apenas de dizer que Deus ou o Poder Supremo?
Mesmo sabendo que suas palavras:
"Eu sou o Caminho, ninguém vem ao Pai senão por mim"

Refrão: Quando a explosão de metal Jesus hits
Eu virei para ouvir e ver os meus caminhos,
Meus direitos se tornará o seu caminho, sua vontade a partir de então
Não posso ter vergonha de seu nome,
Jesus Você é tão bom para mim
Você acalma a tempestade, agora eu pertenço
Não há becos sem saída em Você
Deixe seu nome ser o mais alto!

Então eu sou o maior dos guerreiros! Eu espalhar o terror com a minha cara de guerra
Eu sempre repreender os pecadores 'Wonder quando eu esquecer que ..
Deus em mim ama, Ele não odeia Deus me dá, Ele não leva
Deus em mim é paciente Posso dizer que Ele está em mim?
Se Ele não está em mim, eu não posso te amar
Se eu não puder te amo, eu falo dele em vão
Para as minhas palavras estará vazia por falta
Sua mudança de poder

Chorus2: Quando a explosão de metal Jesus hits
Eu virei para ver e ouvir
Meus caminhos, meus direitos se tornarão
sua maneira, a sua vontade a partir de então
Não posso ter vergonha de seu nome,
Jesus Você é tão bom para mim
Você acalma a tempestade, agora
Eu pertenço Não há becos sem saída em Você
[A salvação é encontrada em um nome
Por esta razão, não há nenhuma vergonha Quando Jesus bate explosão metal!] X2

Lembranças III

No silêncio
Meus pensamentos 
sempre se voltam para
o que perdi
Busco nas lembranças
apenas uma esperança
um sonho distante
te ver voltar
Penso nisso a todo instante
Quando o que eu sentia
era mútuo e constante
tenho que confessar
Você faz falta na minha vida
Já tentaram curar essa ferida
Mas só você sabe cuidar de mim
Não há sentido em viver assim
Quero tentar de novo
Acordar e te ter ao meu lado
Amar  e ser amado

Cassiani Martins

Poesia 0091

Apenas por um fio
a paciência se esvai
No meio do nada
eu estou
Não diga nada
Eu não sei,
quero me encontrar
esqueci o que sou
Ajude-me a procurar
Quando você se aproxima
é que percebo
sua presença me completa
Não diga nada
Eu me encontrei
Se aproxime
Eu já sei
você é o que faltava 
Me entregarei totalmente
Te quero sempre
Daqui pra frente
Não importa mais
Você me completa
Não diga nada
Apenas me ame

Cassiani Martins

PARA UMA AMIGA - FRAGMENTO

[...]
Tudo o que eu tinha
você tirou
O choque foi tão forte
e tudo se quebrou
Ouvir teu riso,
e saber que dele, não sou o motivo
dói mais do que qualquer coisa
Ser ignorada é pior
do que ser explicitamente odiada
nunca consigo entender essas mudanças
isso me faz sofrer
Você me fazia sorrir
toda vez que me olhava
mas tudo se acabou
Até o amor que você dizia sentir
E você insiste em tentar me iludir
[...]

Cassiani Martins

E se...

Nem as músicas
conseguem me inspirar
quero sentir a liberdade
presa em teus braços

Ontem, você disse, ontem
que só o que quer é me ter
Não tenho mais certeza de nada
porque num outro momento
você disse que só pensava que me amava

E se eu me entregar?
se você tiver certeza do meu amor,
algo vai mudar?
Você vai me amar?

Eu tenho medo, você sabe
E se você apenas esquecer
tudo o que prometeu?
E se um dia eu descobrir
que o amor morreu?

Te quero sempre na minha vida
Faria muita falta, te perder
E se você me deixar?
O que tenho que fazer?

Palavras não são o suficiente
para descrever
o quanto amo você

Cassiani Martins 

Poesia 0082 - FRAGMENTO

[...]E você não pode me parar
Naõ, já cansei de ver você me evitar
Não quero ser rejeitada
Queria de novo te conquistar
O que eu faço?
Quero que você volte a me amar
O que eu fiz?
Onde errei, para você me deixar?
O que ela tem?
Eu era teu bebê
Tua bonequinha
O teu sorriso me alegravca
Teu abraço me fazia ganhar o dia
Momentos que eu não esqueço
Mas que estão no passado
Tenho que encarar a realidade
a qualquer preço [...]

Cassiani Martins

Não se renda

Olhe para o mundo
O que você vê?
Sorrisos em corações tristes
Você sabe.

Entende melhor
do que ninguém
Está cansado da vida
Nada vai bem

Não se renda
Existe alguém esperando por você
Levante. Viva mais um dia
Há um propósito na vida

Coloque umj sorriso sincero
no rosto de quem está por perto
Não precisa procurar
Você não está em um deserto

Vale a pena viver
Faça o dia de alguém melhorar
Nunca se renda
Vale a pena lutar

Deixe de lado o passado
Lembranças que não acrescentam nada
Esqueça as derrotas
Não se renda

Tente outra vez
Não fique comparando
o que você fez
Faça a vida valer

Não se renda

Cassiani Martins

Plano A

Agora quando você me vê
diz que me quer
Mas quando você podia,
apenas me desprezou

Eu via você
sair com seus amigos
Passava por mim sem olhar
Mas quando algo te faltava
pedia para eu te ajudar

Eu nunca quis ser seu plano B
Segunda opção.
Você brincava comigo.
Como se eu não sentisse,
não tivesse coração

O tempo passou
Eu mudei.
Mas, indiretamente,
foi você
quem me ensinou

Eu digo que você deveria ter
quando poderia ter
Mas não vale nem olhar pra você
Não é por mal,
mas não sinto mais o que senti

Não é vingança,
mas não quero nem te ouvir

Cassiani Martins

Imperfeita

Olho para dentro de mim
Está tudo errado
Me sinto impura
Não era pra ser assim

Eu odeio o que me tornei
Olho-me no espelho
E vejo
a imperfeição

Tropecei no escuro,
perdi a visão
Não consigo enxergar
o caminho à frente

Imperfeita. Infelizmente.

Cassiani Martins

Não importa mais

Quando acordo à noite
sinto falta do teu corpo ao meu lado
Teu carinho, teu abraço

Já faz tanto tempo
Mas eu não esqueço que
você disse que me ama

Quando amanhece
A realidade me chama

Não quero viver do passado
Tolices da juventude
que marcam uma vida

Mesmo acordada,
fico a sonhar
o que aconteceria
se eu aceitasse continuar?

Não foi fácil tomar essa decisão
sei que te magoei
e machuquei meu coração

Mas isso passa
O tempo vai apagar
Tudo aquilo não era amar

O futuro vai fazer cicatrizar
Os planos que fizemos...
Sonhamos juntos...

Não importa mais
porque não vai voltar
Já é tarde demais

Não quero ficar com você por piedade
Mas eu mesmo, tenho saudade
de um tempo que não volta mais

Algo que não importa mais
Alguém que não volta mais

Cassiani Martins

Queria

Me pergunto o que fiz
para merecer isso
tenho vontade de fugir,
mas sei que é pior

O mundo não aceita
os 'estranhos'
Queria que me aceitassem
como sou,
mas não quero ser assim

Queria mudar
Ser como eles querem
Mas não adianta tentar
Então as lágrimas descem

Eu sou tão ruim assim?
Como os amo!
Não podem perceber?
Tento ser melhor a cada amanhecer

Meu Deus, me ajude a cada dia
Deus, guie minha vida!

Do que vale a esperança
Se quando morrermos
ela também morrará?
A vida passa tão rápido
é tão difícil me aceitar?

Eu não consigo
ser como eles querem!
Sou apenas eu
Talvez preciso mudar
Se eu for como eles querem
Meu exterior não vai chorar?

Cassiani Martins

Fragmento

Parece figura romântica
estar chorando por alguém,
mas eu não me sinto muito bem.
Mesmo assim não faz sentido eu querer você,
tenho uma vida aqui para viver.
Não foi mentira quando disse que te amo,
mas entre nós há um oceano.

Poesia 0076

Mesmo sendo jovem
estou me sentindo como uma velha
Tenho que parar com isso
Esse negócio de chorar

Quem vê o que faço, acha interessante
Acha lindo o que
surge da minha tristeza
Sei, é a vida
nem tudo é beleza

Tropeço nas palavras e daí?
Quem liga para o que faço?
Sei, é a vida
Mas se me dessem um abraço
E calassem a boca também,
Seria melhor

Se eu não escrevesse nada
Se fosse como qualquer uma
Sorriso adolescente tão tolo
Procurando na vida, minha estrada

Eu só espero o que Ele prometeu,
um dia vai acontecer

Não tenho nada pra falar
Mas só preciso desabafar
Sou tão estranha assim?
Sei, é a vida
Mas não consigo mais me suportar

Cassiani Martins

Obs:. Essa poesia foi publicada aqui pelos motivos que estão explícitos na última estrofe.

Devaneio

Por que dói tanto fazer o que é certo? O que é melhor: ficar com a consciência pesada e feliz em alguns momentos? Ou estar com a consciência limpa e triste, mas com a certeza de que serei feliz no futuro? Por que eu nasci? Se só sirvo para me machucar e magoar os outros? Não fazem sentido essas indagações, não posso me entregar só para ver alguém feliz.
Mesmo assim quero te ver sorrir, não precisa ser para mim, desde que esteja feliz. Eu me conheço, o futuro vai ser melhor, Deus me prometeu. Não, eu não sinto raiva, eu já fiquei triste, mas não com raiva. O ódio só faz mal para quem o sente. É sério, quero que vc seja muito feliz. Que Deus te abençõe, e que vc se volte para ele. Não se preocupe comigo.

Estou triste agora, mas tenho uma vida feliz pela frente. Depois de morta, minha alma dirá: 'Obrigada, meu Deus, por ter me dado coragem para tomar a decisão mais difícil' Não pense que não doeu meu coração, quando vc me perguntou e eu disse 'não'. Fiz o melhor para nós dois. Vou sentir falta da tua voz e do teu jeito carinhoso, mas como eu sempre digo: 'Isso passa'

Nunca antes tinha dito que amava alguém. Você foi o primeiro. E sempre vai ser. Agradeço pelos momentos felizes que tive com você. Queria que me entendesse. Mas tenho que viver a minha vida agora. Não era pra ser. Eu me enganei. Não era amor. E acabei enganando você também.

Switchfoot

Switchfoot é uma banda de Pop Punk/Rock Cristão de San Diego, Califórnia. A banda é formada por: Jon Foreman (vocais, guitarra), Tim Foreman (baixo, vocal), Chad Butler (bateria, percussão), Jerome Fontamillas (guitarra, teclados, vocal), e Drew Shirley (guitarra). Conhecidos pelos seus concertos ao vivo bem energéticos. Os três guitarristas na frente do conjunto freqüentemente tocam ao mesmo tempo, tirando um som, simultaneamente, sobre a sensibilidade das composições pop de Jon e rematada pelos arranjos de Jerome no sintetizador que contribui com sua raiz de música industrial para o som da banda, eles criam o "som do Switchfoot" - um trituração melódica de som de camadas pesadas apresentando uma experimentação eletrônica, e bastante orientada por ataques fortes dos acordes da guitarra; às vezes interpondo com algumas baladas mais suaves ou um som meio espacial também.

O nome "Switchfoot" é um termo do surf. "Nós gostamos de surfar e surfamos a vida toda, então para nós, esse nome faz sentido." (Jon Foreman responde durante intrevista a Jesus Freak Hideout).
Fazem música para pessoas que pensam; com letras temáticamente filosóficas, baseada em poemas e perspectivas alternativas. Mas também acreditam que a música pode ser aplicada para dois grupos: uma audiência Cristã e a outra audiência que é "secular." Eles tentam agradar dois tipos de audiência ao mesmo tempo.

A História…

O Switchfoot foi fundado em 1996, com a formação de Jon, seu irmão, Tim, no contra-baixo, e Chad, na bateria. Depois de tocar em apenas alguns shows, a banda foi contratada por Charlie Peacock e eventualmente rotulada como uma banda indie pela Re:think Records com o nome atual Switchfoot. A gravadora produziu os três de seus primeiros álbuns Legend of Chin, New Way to Be Human e Learning to Breathe. Dos três primeiros álbuns da banda o Learning to Breathe foi o mais sucedido. Foi certificado com um disco de ouro da RIAA e foi nomeado ao GRAMMY de Melhor Álbum de Rock Cristão de 2000.
Em 2002, uma das quatro músicas do Switchfoot que fez parte do filme "Um amor para Recordar" foi a "Only Hope" interpretada por Mandy Moore durante uma das cenas. No CD da trilha sonora do filme, Mandy Moore canta essa mesma música em dueto com Jon Foreman. Todas músicas foram incluídas no CD, junto com o cover da Mandy em "Only Hope". O Switchfoot ganhou reconhecimento depois do filme. Esse reconhecimento cobriu seu álbum mais famoso, o "The Beautiful Letdown" que saiu em 2003. Esse vendeu mais de 2.3 milhões de cópias e produziu umas das melhores canções da banda, como "Meant to Live", que foi incluída, logo depois, no CD da trilha sonora do filme Homem-Aranha 2 e, a música "Dare you to Move", que foi um remake de "I dare you to Move" do álbum Learning To Breath e também do álbum de Um Amor Para Recordar.
A música "This is Home" fez parte da trilha sonora do filme Príncipe Caspian, feito pela Walden Media e lançado pela Walt Disney.

Switchfoot e música cristã
Switchfoot freqüentemente é mencionada como uma banda de rock cristão, em grande parte devido ao envolvimento da banda na cena do rock cristão no início de sua carreira. Mas a banda sempre rejeitou este "rótulo". "Para nós, o que conta é a fé, não o gênero", diz Jon Foreman. "Nós sempre fomos abertos e honestos quanto a procedência de nossas canções. Para nós, estas canções são para todos. Nos rotular de rock cristão cria uma caixa que se fecha, deixando muitas pessoas de fora, e excluindo-as. Isto não é o que nós queremos fazer. Música sempre abriu a minha cabeça---e isto é o que a gente quer." Conclui Jon.
Como se espera, a letra de Jon evita fazer declarações exclusivas de Fé; em vez disto, ele questiona o status quo, investigando questões existencialistas através de diálogo socrático] no qual ele responde perguntas com mais perguntas, explorando frustrações, ou simplesmente sendo inspirador. Esta maneira de abordar sua audiência resulta freqüentemente neles sendo descritos como uma banda de pessoas que gostam de pensar.
A poesia de Jon é saudada pelos fãs e críticos do tipo pela sua honestidade sincera, a qual é evidente pela avaliação dele da condição humana, e na disposição dele de não simplesmente abraçar a sua Fé, mas expressar dúvidas também. Como conseqüência, a base dos fãs da banda transcede crenças e estilos de vidas diferentes. Como nos dias de sua gravadora indie, eles ainda são distribuídos às lojas Cristãs através da Sparrow Records, portanto ainda estão sendo apresentados nas rádios e paradas de sucessos Cristãs, como também são presenteados com o Dove Awards, apesar de que eles assinaram com a Columbia Records, uma gravadora do mercado da corrente principal. "(Ter assinado com a Columbia) foi uma realização de algo que nós queriamos desde o início," Jon explica. "Quando nós assinamos (o contrato) com Re:think Records (uma gravadora independente), o objetivo era fazer nossa música chegar a todos. (Mas) quando Sparrow (um selo Cristão) comprou Re:think Records, ficou claro que nossa música não iria alcançar todo mundo. Como um Cristão, eu tenho muito a dizer dentro das paredes da igreja. Mas também, como um Cristão, eu tenho muito a dizer, igualmente, sobre a vida em geral… Então, para ser capaz de estar na Columbia e na Sparrow nos fez sentir como a realização dos dois lados do que a gente tinha a dizer. É um sonho que se tornou realidade ser capaz de ter canções que estão do lado de fora da caixa"
Após o lançamento do álbum, The Beautiful Letdown, a banda temporariamente parou de tocar em festivais Cristãos e de dar entrevistas a organizações de princípios Cristãos, visto que eles perceberam que a especulação sobre a Fé deles era uma distração com a música que eles queriam fazer.
Três anos depois, eles retornaram a tocar em festivais Cristãos e até apareceram na capa da revista CCM, algo que eles recusavam fazer por anos (a revista originalmente chamada, Contemporary Christian Magazine, e após 2007, "CCM" passou a significar: Christ. Community. Music, pois o editor acreditava que o primeiro nome seria ofensivo).

Membros
• Jon Foreman - Vocal e Guitarra (1997-);
• Tim Foreman - Baixo (1997-);
• Chad Butler - Bateria (1997-);
• Jerome Fontamillas - Teclado e Guitarra (2001-);
• Drew Shirley - Guitarra (2003-).

Discografia
Álbuns de estúdio
• The Legend of Chin (1997)
• New Way to Be Human (1999)
• Learning to Breathe (2000)
• The Beautiful Letdown (2003)
• Nothing is Sound (2005)
• Oh! Gravity. (2006)
• Hello Hurricane (2009)

EP
• Switchfoot: Live - EP (2004)
• Oh! EP (2006)
• Eastern Hymns for Western Shores (2009)

Compilações
• The Early Years: 1997-2000 (2004)
• The Best Yet (2008)

Ao vivo
• Best of Bootlegs Vol. 1 (2008)

Singles
• Meant To Live do álbum The Beautiful Letdown (2003)
• Dare You To Move do álbum The Beautiful Letdown (2004)
• This is Your Life do álbum The Beautiful Letdown (2004)
• Stars do álbum Nothing is Sound (2005)
• We Are One Tonight do álbum Nothing is Sound (2006)
• Oh! Gravity do álbum Oh! Gravity (2006)
• Rebuild feito para instituição Habitat for Humanity (2007)
• Learning to Breathe (a walk to remember) do álbum Learning to Breathe

Video clipes
• Chem 6A do álbum The Legend of Chin (1997)
• New Way To Be Human do álbum New Way To Be Human (1999)
• You Already Take Me There do álbum Learning To Breathe (2000)
• Meant To Live do álbum The Beautiful Letdown (2004)
• Dare You To Move do álbum The Beautiful Letdown (2004)
• I Dare You To Move do álbum Learning To Breathe (2005)
• Stars do álbum Nothing is Sound (2005)
• We Are One Tonight do álbum Nothing is Sound (2005)
• Oh! Gravity do álbum Oh! Gravity (2006)
• Awakening do álbum Oh! Gravity (2006)
• This is Home Trilha de Nárnia (2007)
• Mess of me do álbum Hello Hurricane (2009)
• The Sound (John M. Perkins' Blues) Hello Hurricane (2010)

DVDs
• Switchfootage (2003)
• Live in San Diego (2004)
• The Beautiful Letdown (2004)
• Feet Don't Fail Me Now (2005)
• Nothing is Sound (2005)
• Switchfootage 2 (2006)

Tomorrow' Song - Versão original (Canção do amanhã)

Amanhece mais uma vez
(Tudo outra vez)
Nas ruas, pessoas esquecidas
crianças chorando, vidas perdidas
O que eu posso fazer?
Nem quero olhar
Nesse mundo não podemoas parar
(Tem que continuar)

Lembranças que me acompanham
o dia inteiro
Me ocupo em otras coisas
Não dá para esquecer
(quero esquecer)

Corro para qualquer lugar
(lugar nenhum)
Amanhã vou se rmelhor
Prometi a mim mesmo me dedicar
A vida não pode parar

Amanhã o mundo vai ser melhor
A esperança estrá no ar
E a paz será o sol
Todos irão amar
(A vida é feita para celebrar)

Cassiani Martins

Viver livre

Quantas vezes aqui
eu choro
Meu coração se quebra
As veias se partem

Eu sinto, eu sinto

Você toma a minha dor
Nessa noite...
Você esqueceu o medo
Morreu por amor

Me trouxe de volta
Levanto, posso lutar
A liberdade que recebi
pode me custar essa vida aqui

Nada tira meu lugar
O futuro será melhor
Eu sinto, eu sinto
é hora de lutar

Para ser livre
Preciso morrer
deixar meu passado
Renascer em um outro lado

Eu sinto
Vou viver livre
Eu sinto

Cassiani Martins

Luta

Tentando me deixar na escuridão
Não venderei minha alma
Manterei puro o meu coração
não mereço, mas habitas em mim

Estou em guerra
não quero me entregar
Estou fraca
agora vem me ajudar

No escuro, nos meu sonhos
Isso me invade e quer me arrastar
Você me acorda, estou vivo
Quero levantar

Vivendo outra vez
Tento me erguer
Você respira dentro de mim
Outra vez

Esta é minha vida
estou aqui, quero caminhar
Atrás não vou voltar
Para sempre, eu me entrego a você

Eu viverei para você
Respire em mim
Estou aqui
Lutei até o fim

Cassiani Martins

Inhabited


Inhabited é uma banda americana de música cristã contemporânea / rock de Spring, Texas formada em 2003. Portanto o seu som da música e suas letras cristãs, os críticos têm comparado frequentemente o seu som de bandas como Superchic [k] , Rebecca St. James , e outros.

História:
A banda foi criada pelos irmãos Sarah Acker, no vocal, e Markus Acker na guitarra. Em 2003 lançaram seu primeiro álbum independente, Innerview.
Inhabited já passou por gravadoras como Fervent Records (2005-2007) e Slanted Records (2007-2008), e tendo, atualmente, um contrato com a 7Spin Music.
O terceiro álbum de estúdio da banda, Love, foi inicialmente intitulado The Life, e foi lançado no final de 2008. Em abril de 2007, que emitiu um pré-lançamento do álbum com o novo nome. Desde então, quatro das 13 canções originais foram removidos e uma outra foi adicionado. O site oficial da banda está acostumada a ter um pop-up de download de uma faixa intitulada "Listen Up", com o nome do álbum na etiqueta de identificação. Na faixa Love, esta faixa foi renomeado "Are You With Me".

Integrantes:
• Sara Delight Acker - Vocal
• Marcus Acker - guitarra , backing vocals
• Charlie Harper - bateria
• Paul Engelking – baixo

Ex-Integrantes:
Jerrett Horn
James Colvin
Justin Tinnel
David Droogleever
Chad Carouthers
Jason Page
Justin Bassett

Discografia
Álbuns:
• 2003: Innerview - Indie
• 2005: The Revolution - Fervent Records
• 2008: Love - Música 7Spin

Jogos:
A música Rescue Me foi recentemente apresentada na Guitar Praise .

BarlowGirl

BarlowGirl é uma banda norte-americana de rock cristão formada em Elgin, Illinois. A banda é composta pelas três irmãs: Rebecca, Alyssa e Lauren Barlow.

Elas ganharam vários prêmios neste gênero, a canção "Never Alone" foi a que por mais tempo ficou em primeiro lugar nas paradas de sucesso de 2004 [1] nas rádios e discos e foi considerada a canção do ano em ambos. A canção ganhou o prêmio Yahoo!'s Who's Next.

História
O pai das integrantes (Vince Barlow) lançava discos para jovens em sua igreja, Willow Creek Community Church. Ele foi contratado para se apresentar em eventos em todo os Estados Unidos. Ele levou as filhas como suas backing vocals no ano de 1990. BarlowGirl começou a escrever músicas e se apresentar durante seus shows. Então, o trio parou a turnê com seu pai quando Becca e Alyssa começaram a estudar, mas elas participaram de pequenos concertos. O trio já havia escrito 10 músicas em 2002.
As irmãs Barlow receberam passagem para o seminário Music in the Rockies da Gospel Music Association em Estes Park, Colorado, no meio de 2002. Elas não foram informadas que o seminário era um evento da indústria fonográfica para artistas novatos, nem ainda que era uma competição. Elas chegaram às finais do evento. Gravadoras ficaram interessadas em sua música depois de sua apresentação.
O nome do grupo ficou famoso mesmo antes do lançamento do primeiro CD. O grupo Superchick incluiu um música intitulada "Barlow Girls" em seu álbum Karaoke Superstars, como um tributo para as irmãs Barlow e sua mensagem de pureza, e efetivamente introduziu as irmãs para o mundo musical.

Integrantes:


Alyssa Barlow - Vocal, baixo e teclados
 


Rebecca Barlow - Guitarra e vocal




















Lauren Barlow - Bateria e Vocal















Discografia:
Álbuns
• Barlow Girl (2004)
• Another Journal Entry (2005)
• Another Journal Entry (Expanded Edition) (2006)
• How Can We Be Silent (2007)
• Home for Christmas - (álbum natalino) (2008)
• Love & War (2009)
• Our Journey... So Far (2010)

Outras Músicas
• I Belong To You
• Oh Holy Night
• Everyday Life
• Forgive Me
• You're Worthy Of My Praise (com Big Daddy Weave)
• Barlow Girls (com Superchick)
• We Pray
• I Will Sing of My Reddemer

Videos musicais
• "I Need You To Love Me" (2005)
• "Grey" (2005)
• "Never Alone" (2006)
• "Beautiful Ending" (2009)
• "Hallelujah (Light Has Come) " (2010)

Poetando I

Esses dias algumas pessoas perguntaram como é o processo de criação das minhas poesias e poemas.
Começando pelos temas, que são variados, tudo pode me inspirar, desde uma flor que se destaca ou algo que vivenciei... Nem sempre as poesias de amor são escritas enquanto estou "apaixonada", às vezes apenas resolvo que vou escrever e escrevo. Essas que são escritas nesses momentos são mais elaboradas, sem contradições. Mas quando meus sentimentos estão em reviravolta, os versos ficam mais confusos.
Essa é a primeira parte de uma série de explicações sobre minhas poesias. Logo haverá mais! XD

Apenas seu

Perdoe minha imperfeição
Não queria ser assim
quebrei seu coração
Mas talvez eu possa consertar tudo
Começar outra vez

Estou envergonhado
Não sei explicar
Mas quero ser seu para sempre
Perdoe-me

Por tudo que prometi
Pelas promessas que
não cumpri
E agora estou aqui
Peço perdão

O tempo passa e você perdoa
Não acontecerá novamente
Quero te ter pra sempre
Em teu abraço me perder

Prometo que não haverá outra
me dê a mão
Não me deixe cair
Outra vez, você pode me ter
Sou apenas seu

Você me perdoa
Apenas seu, para sempre!

Cassiani Martins

Obs: Vou repetir a observação que fiz em um post anterior >> o fato de alguns dos poemas aqui publicados terem voz masculina não quer dizer que não tenham sido criados por mim; isso acontece porque no momento em que escrevo, escolho a voz que parece mais apropriada no momento; é como um reflexo, nem penso se vou colocar voz feminina ou masculina.

Desencontro

Não adianta correr
nem quero mais fugir
De algo que não posso ver
Não preciso resistir
Vou me entregar

Já me avisaram
que não vou me dar bem
Não posso desistir
Sem antes tentar
Então corro pra você

Quero sentir seu abraço
Não importa como
Desde que seja você
Por que tudo isso
tenta nos atrapalhar?

Se for apenas paixão
o tempo dirá...
Mas não vejo mal nenhum
em tentar...

Não quero mais
essa covardia
Não me importo com a demora
Mas me dê a certeza
do nosso encontro

Cassiani Martins






Layout base por Julie Duarte ♥ Modificado e customizado por Segredo Feminino